ÁREA RESTRITA    
Login    Senha   
Página Incial
Técnicos Tributários participam de assembleia conjunta dos servidores públicos
Em coletiva de imprensa, Afocefe apresenta proposta para Estado superar acrise
Afocefe apresenta ao presidente da Assembleia Legislativa estudo que aponta saída para crise
NEWSLETTER
Assine a newsletter do AFOCEFE Sindicato e receba notícias por
e-mail:
Nome:
E-mail:
Notícias

Tire suas dúvidas sobre o pagamento do 13º do funcionalismo

16/12/2015

Empréstimo poderá ser feito a partir de 15 de dezembro

Os servidores públicos do Executivo do Rio Grande do Sul terão duas opções para receber o 13º salário. Por falta de dinheiro, o governo vai pagar o benefício através de empréstimo no sistema bancário ou parcelado.

Quem optar pelo parcelamento, receberá entre junho e novembro de 2016, com 25% de correção. Já quem optar pelo empréstimo, terá os juros pagos pelo Estado.

Confira os detalhes sobre o empréstimo:

A partir de quando o servidor poderá fazer o empréstimo?

15 de dezembro

Quando o dinheiro será liberado?

O valor será creditado na conta corrente no dia 18 de dezembro.

O empréstimo pode ser feito somente até 18 de dezembro?

Não. A operação permanecerá disponível para contratação mesmo após o dia 18, situação em que o crédito será realizado no ato da contratação.

Como poderá ser feito o empréstimo?

Nos canais de autoatendimento e nas agências do Banrisul (caixas eletrônicos, Home Banking e Mobile Banking), por meio da modalidade "Crédito Pessoal Servidor RS".

O empréstimo poderá ser feito somente no horário bancário?

Não. Nestes canais, a contratação poderá ocorrer nas 24 horas do dia, inclusive finais de semana e feriados.

Quem poderá fazer o empréstimo?

Todos os servidores vinculados ao poder Executivo; ativos, inativos, pensões previdenciárias, pensões alimentícias, servires do Daer, Superintendência de Portos e Hidrovias, Instituto de Previdência do Estado, Fepagro, entre outros. Servidores de autarquias, como Detran e o Porto de Rio Grande, no entanto, receberão normalmente, assim como os celetistas da Fase e Fundação Zoobotânica, por exemplo.

Quem não possui mais limite para empréstimo?

Não tem influência. Poderá fazer normalmente o empréstimo. A Secretaria da Fazenda vai informar ao sistema bancário o valor líquido que cada servidor receberá de 13º salário. Trata-se de uma linha de crédito específica, que não tem influência no limite para outros empréstimos.

Quem possui restrição de crédito?

Neste caso, o servidor deverá procurar o gerente do banco.

Quem não tem conta no Banrisul?

Mesmo recebendo o salário por outro banco, em razão da portabilidade, terá de contratar o empréstimo junto ao Banrisul. Também poderá contratar com outro banco, mas o Estado se compromete a pagar a título de indenização a variação da Letra Financeira do Tesouro Estadual, mais 0,8118% ao mês, que será a linha de crédito usada pelo Banrisul. O excedente desse valor terá de ser pago pelo servidor. 

 

Fontes: Banrisul e Secretaria da Fazenda

(Fonte: Rádio Gaúcha)

VOLTAR
Print

Enviar a um amigo

Rua dos Andradas, 1234, 21º andar - Porto Alegre/RS - CEP 90.020-008
Fone: (51) 3021.2600 - Fax: (51) 3021.2627 - e-mail: afocefe@afocefe.org.br